História da ABTS

A ABTS foi fundada em 2 de agosto de 1968, então como ABTG – Associação Brasileira de Tecnologia Galvânica, por Ludwig Rudolf Spier, Célio Hugenneyer, Ernani Andrade Fonseca, Adolphe Braunstein, Marcelo Gastón Zapata Jará, Hong Wa Mo, Mozes Manfredo Kostman, Ruth G.F. Mueller e Wolfgang Mueller. Em razão de seu desenvolvimento, a associação passou a representar outros segmentos mudando sua denominação para ABTS – Associação Brasileira de Tratamentos de Superfícies em 1985.

No inicio, o grupo fundador se reunia nas residencias particulares, restaurantes até se estabelecer no antigo prédio dos Sindicatos (o atual fórum criminal na Praça João Mendes, em São Paulo, SP), que pertencia à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP. Com a mudança da sede dos sindicatos para o novo edificio da FIESP, na Av. Paulista nº 1313, a ABTS mudou-se para o cj 913, sede do SINDISUPER - Sindicato da Industria de Proteção, Tratamento e Transformação de Superficies do Estado de São Paulo (fundado na década de 30), SIndilux  - Sindicato da Industria de Lampadas e Aparelhos Elétricos de Iluminação e Sindividro - Sindicato da Industria de vidro e cristais planos e ocos. Em 2003, instalou-se em sede propria, mais ampla e assim, melhor atender seus associados em reuniões, cursos e palestras, por exemplo.