Sinergia entre ABTS e Sindisuper-SP promove benefícios às indústrias de tratamento de superfície


Data da notícia: 01/01/2005

Após trinta anos tentando promover a integração entre Sindicato e Associação, as indústrias de tratamento de superfície conseguiram alcançar uma sinergia fundamental para o desenvolvimento das empresas. Sem a parceria, a atuação em diferentes âmbitos junto aos associados seria dificultada.

Como explica o presidente do Sindisuper-SP (Sindicato da Indústria de Proteção, Tratamento e Transformação de Superfície do Estado de São Paulo) e vice-presidente da Fiesp, Roberto Della Manna, enquanto a entidade patronal realiza urabalho voltado para atividades políticas (legislação, defesa tributária etc), a ABTS (Associação Brasileira de Tratamento de Superfície) é mais cível. Trata do crescimento das indústrias através da preparação de mão-de-obra e orientação ao empresário no seu desenvolvimento tecnológico, tributário e econômico.

O resultado da ação conjunta, diz Della Manna, é a configuração do Brasil como o segundo país com melhor qualidade no tratamento de superfície do mundo.

Segundo o diretor do Sindisuper-SP, Marco Barbieri, a integração das duas instituições resulta em ganhos para os produtores de todo o país. Integrados, as conquistas políticas que o Sindicato paulista alcança acabam atingindo também os demais estados brasileiros. Por outro lado, a promoção de cursos e a organização de feiras e palestras, por exemplo, atividades realizadas pela ABTS, são fundamentais para o crescimento do setor.

Fernanda Cunha - Agência Indusnet/Fiesp