EBRATS 2009 foi sucesso!


Data da notícia: 01/05/2009

Inúmeros profissionais do setor, de todo o Brasil e até do exterior, conferiram as novidades e a linha de produtos e serviços de 86 empresas do setor de tratamentos de superfície que participaram do EBRATS 2009 – Encontro e Exposição Brasileira de Tratamentos de Superfície, promovido pela ABTS no período de 7 a 9 de maio último em São Paulo, SP. Empresas do Brasil e do exterior aproveitaram o maior evento do setor da América Latina para mostrar as tendências, o que tornou o EBRATS 2009 um marco e um grande sucesso.

“Realizamos ótimos contatos para futuros negócios”, “foram gerados bons contatos (que resultaram em negócios) que nos cortam um grande caminho” e “foi a primeira vez que expomos no EBRATS. O retorno foi imediato, nossas produções aumentaram, tornando-nos obrigados a contratar mais 60% do quadro de funcionários. O vínculo com os clientes já existentes foi altamente reforçado” foram alguns dos comentários dos expositores, o que atesta a importância do evento também na geração de negócios.

Abertura

Michael Siegmund, presidente da NASF – National Association for Surface Finishing, representando outros presidentes de associações internacionais ligadas à ABTS; Manlio de Augustinis, presidente do CRQ-IV – Conselho Regional de Química – 4ª Região; Douglas Fortunato de Souza, presidente da ABTS; Roberto Della Manna, presidente do SINDISUPER; e Airi Zanini, coordenador geral do EBRATS 2009. Estes foram os integrantes da mesa na abertura do EBRATS 2009.

Cerca de 300 convidados comparecem ao evento, entre eles representantes de várias entidades apoiadoras e parceiras da ABTS, como SITIVESP – Sindicato da Indústria de Tintas e Vernizes do Estado de São Paulo, Sistema FIESP, CRQ-IV – Conselho Regional de Química – 4ª Região, SIAMFESP – Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos do Estado de São Paulo, IBRAM – Instituto Brasileiro de Mineração, SINDISUPER - Sindicato da Indústria de Proteção, Tratamento e Transformação de Superfícies do Estado de São Paulo, ALJ – Associação Limeirense de Jóias, ABRACO – Associação Brasileira de Corrosão, ABRACI – Associação Brasileira de Circuitos Impressos, Prefeitura da Cidade de São Paulo, ABAL – Associação Brasileira do Alumínio, ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração, ABRAFATI – Associação Brasileira de Fabricantes de Tintas, APETS – Associação Paranaense de Empresas de Tratamento de Superfície, Editora da revista Metal Finishing - Elsevier Incorporated, Metal Finishing, NASF – National Association for Surface Finishing, SADAM – Asociación Argentina de Acabado de Metales, SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Escola Senai "Suiço-Brasileira", SESI – Serviço Social da Indústria, e SPCVB – São Paulo Convention & Visitors Bureau, como Dilson Ferreira, presidente da ABRAFATI, e Paulo Cesar Abrantes de Aguiar, presidente em exercício do SITIVESP, entre outros.

Primeiro a falar na ocasião, o presidente da ABTS destacou o trabalho desempenhado pela comissão organizadora nestes anos que precederam o evento, e aproveitou para agradecer à comissão, aos expositores, diretores e representantes de empresas, de estabelecimentos de ensino e fornecedores.

Por sua vez, Della Manna ressaltou a parceria de 40 anos entre o Sindisuper e a ABTS e disse ter certeza de que ela irá durar ainda muitos anos.

Já Siegmund enfocou que a NASF possui 100 anos e apontou a importância das Associações estarem juntas.

“Este é um momento de muito orgulho para os que atuam no setor. Afinal, o EBRATS é o maior evento da América Latina, e atinge a sua 30ª edição agora em 2009 estabelecendo novos recordes com relação à área de exposição e ao número de expositores”, destacou Zanini.

Após a apresentação de um filme sobre o EBRATS e a ABTS, bem como das várias personalidades e empresas que ajudaram a Associação a ser o que é hoje (este filme pode ser visto no site da ABTS), e a abertura oficial do evento pelo presidente da Associação, o professor Luiz Marins proferiu uma palestra intitulada “Momentos difíceis exigem decisões rápidas”.

Encontro

Entre as iniciativas da ABTS programadas para ocorrerem durante o EBRATS 2009, foi realizado o Encontro Panamericano, coordenado por Douglas Fortunato de Souza, presidente da ABTS, e Sergio F. G. Cidade Pereira, diretor de relações internacionais. O evento ocorreu em saudação aos estrangeiros presentes ao EBRATS 2009, sobretudo às entidades parceiras que vêm demonstrando apoio aos esforços de fortalecimento do setor na América Latina.

Estiveram presentes Obdulio N. Pennella, presidente da SADAM – Asociación Argentina de Acabado de Metales, Vicente Gomez, da CANACINTRA – Camara Nacional de La Industria de Transformación, do México, e Michael Siegmund, presidente da NASF – National Association for Surface Finishing, que receberam homenagem da ABTS pela participação e apoio neste importante encontro.

Participaram, ainda, representantes da Câmara Italiana e o coordenador do EBRATS, Airi Zanini, entre outros diretores e interessados na iniciativa.

Na ocasião, Pennella, da SADAM, acompanhado de Fabio e Marcelo Pennella, homenagearam a ABTS, passando às mãos do presidente da Associação uma placa comemorativa aos 40 anos da ABTS.

Palestras e cursos

O EBRATS 2009 também foi marcado pela realização de palestras técnicas e comerciais, que fizeram um grande sucesso.

No caso das técnicas, foram quatro e envolveram os seguintes assuntos: Boretação com pó dos aços AISI 316 e AISI 409: Avaliação do desgaste e da corrosão; Nova abordagem do tratamento das águas de cabines de pintura; Impacto ambiental reduzido e redução dos custos de processamento;  O sistema “New Generation Coating” (NGC) para substituição do fosfato de zinco; Investigação da resistência à corrosão em revestimento de ouro sobre substratos de níquel e bronze branco por ensaios eletroquímicos.

Já as palestras comerciais abordaram assuntos como: “O futuro dos desengraxantes de metais nas Américas”, “Novo desafio de corrosão para as camadas decorativas” e “Avanços no pré-tratamento de metais”.

Estes trabalhos proporcionaram aos técnicos e profissionais do setor a atualização gratuita dos conhecimentos técnicos desenvolvidos no Brasil e no exterior. O resultado foi uma participação muito grande.

Segundo Wilma Ayako Taira dos Santos, integrante da comissão técnica do EBRATS 2009, “tivemos o prazer de contar com autores e co-autores de diversos países. Dos trabalhos apresentados constaram os Estados Unidos da América, a Alemanha e a França. A presença destes autores foi importante para a divulgação internacional dos progressos havidos no campo dos tratamentos de superfície.”

Juntamente com as palestras, foram realizados três cursos: o 3º curso de cálculos e custos e o curso de tratamentos de superfície, abrangendo os módulos “protetivo e funcional” e “decorativo e metais preciosos”.

Vários profissionais buscaram atualização participando destes eventos que acrescentaram ainda mais conhecimento ao leque de opções oferecidas pelo EBRATS 2009. “O EBRATS é uma grande oportunidade de atualização e é sem dúvida o maior encontro do setor em toda a América Latina, por isso agregamos ao período do encontro cursos que são uma grande ferramenta de formação de profissionais”, destaca Wilma.

Pôsteres

Outro meio usado no EBRATS 2009 para a divulgação de conhecimento foi uma seção de pôsteres, contando com os autores dos trabalhos para esclarecimentos aos interessados.

Os pôsteres foram colocados em local de bastante destaque junto à exposição, de forma que todo o público pôde ter acesso aos trabalhos apresentados.

Nesta seção especial do EBRATS 2009, foram 24 os temas tratados, desde avaliação da redução de ácido crômico na etapa de condicionamento de peças em ABS no processo de metalização até estudo do comportamento da corrosão da liga 5052 tratada com moléculas auto-organizáveis, passando por avaliação de um pré-tratamento sem cromato para ligas de alumínio e aço galvanizado, resistência à corrosão de aços para a indústria da construção civil, influência da cura e secagem na resistência à corrosão branca em passivadores trivalentes, materiais absorvedores de micro-ondas baseados em nanopartículas de ferrites, entre outros.

Jantar e entrega de prêmios

Realizado no dia 8 de maio no Grand Hyatt Hotel, também em São Paulo, o jantar dançante da ABTS contou com um show do conjunto “Demônios da Garoa” e reuniu cerca de 400 pessoas, entre expositores do EBRATS 2009 e membros da ABTS.

No mesmo evento, foi feita a entrega dos prêmios concedidos aos melhores trabalhos apresentados no EBRATS 2009. Volkmar Ett foi o responsável da entrega do Prêmio “Engenheiro Gerhard Ett” a Daniel Sierra Yoshikawa, na ocasião representando, também, os coautores, Sérgio Luiz de Assis, Wagner A. S. Izaltino, Solange de Souza e Isolda Costa, na elaboração do “Estudo do comportamento de corrosão da liga 5052 tratada com moléculas auto-organizáveis”, considerado o melhor trabalho de autores nacionais apresentado no EBRATS 2009.

Já o presidente da SurTec Internacional, Herbert Baunach, fez a entrega do Prêmio “Ludwig Rudolph Spier” a Pedro de Araújo, naquele momento também representando o coautor, José Katz, na elaboração do trabalho “Descarte zero de efluentes galvânicos – Uso do reator de eletrocoagulação-flotação de alta eficiência   combinado com resinas de troca iônica para tratamento de efluentes de galvanoplastia”, considerado o melhor trabalho de cunho ecológico do EBRATS 2009.

Na ocasião, também foi prestada homenagem a Wady Millen Junior, coordenador social do EBRATS 2009, pela organização do jantar, e a Alfredo Levy, coordenador secretário do evento, pela sua dedicação e esforço ao EBRATS.